Articles

Filmar em Chernobyl – Onde um gatinho se torna num inimigo mortal

Não toque em nada, não pouse nada, não se encoste a nada: o realizador Marcus Schwenzel gravou a sua curta-metragem Seven Years of Winter em Chernobyl. Vivenciou a zona interdita como lugar de criação invertido, no qual tudo o que vive traz a morte consigo. Ele regressou como um homem novo.


Chernobyl é um paraíso. Nos últimos 25 anos, a zona à volta do reator destruído transformou-se num Parque Natural único. Os animais descobriram a zona como refúgio, pois aqui estão a salvo dos humanos. Ninguém os caça, ninguém quer comer a sua carne.

Entretanto, os animais perderam o seu medo natural dos seres humanos. Cavalos, pássaros, lobos, cães e gatos domesticaram-se a si próprios. No YouTube, encontra-se um vídeo onde uma turista americana em Chernobyl quer atrair um cão com um pedaço de pão: “Anda cá, anda cá!” O cão é, na verdade, um lobo.

Agora vive uma manada inteira de cavalos selvagens Przewalski na zona. De vez em quando, alguns cavalos perdem-se nas ruas de Pripyat, uma cidade-fantasma próxima do reator, cujos edifícios estão em ruínas. São imagens que nunca mais se esquecem: um cavalo sem cavaleiro numa paisagem apocalíptica.

Continue reading “Filmar em Chernobyl – Onde um gatinho se torna num inimigo mortal”

Articles

Os meus pais ainda moram comigo

As pessoas que ainda vivem na casa dos pais são consideradas preguiçosas, imaturas e mesquinhas, pelo que alguns colegas as evitam como se de uma doença contagiosa se tratassem. Mas que pessoas são estes meninos que vivem debaixo das saias da mãe? Cinco estudantes contam a razão pela qual ainda não deixaram o «Hotel Mamã».


”Nós poderíamos ter saído facilmente de casa, mas a universidade fica (convenientemente) mesmo aqui ao lado. Nós vamos a casa sempre que temos uma hora de intervalo para o almoço. A nossa cantina no «Hotel Mamã» está aberta 24 horas por dia. Nós gostamos de desfrutar o luxo doméstico.”

Noutros países, isto é (algo) comum. Por exemplo, em Itália ou em Espanha, muitas pessoas vivem com o papá e com a mamã até se casarem. Muitas pessoas asiáticas, que após terminarem a sua formação, já ganham mais dinheiro do que os seus pais não veem nenhuma razão para «sair do ninho». E em França, o filme “Tanguy – O Menino da Mamã“ é um sucesso de bilheteira: uma comédia sobre um aluno de 28 anos e a sua mãe nervosa, que sofre de ataques de soluços sempre que lhe perguntam quando é que o seu filho vai finalmente sair de casa.

Que tipo de pessoas são estas? Será que elas são realmente dependentes, preguiçosas e mesquinhas, que apenas se sentam à mesa já posta e se deitam na cama já feita? Ou será que têm boas razões para evitar viver sozinhas ou partilhar um apartamento?

Continue reading “Os meus pais ainda moram comigo”

Articles

A Alemanha também ganha com a crise do euro

Berlim – Quase diariamente sobem as quantias milionárias com as quais a Alemanha deve evitar a crise do euro. Se o fundo de resgate MEE for acordado permanentemente, a Alemanha fica responsável por cerca de 340 mil milhões de euros.

Contundo, não é só pagar: Os consumidores e o Estado serão exonerados de forma drástica devido às baixas taxas de juro.

O jornal BILD explica quem é que ganha na Alemanha com a crise do euro:

O Ministro das Finanças

Wolfgang Schäuble agora até já ganha as dívidas. O rendimento de empréstimos do governo alemão, com um prazo de 2 anos, foi recentemente menos de 0,021%. Quem pede um empréstimo, agora até já paga mais. Para empréstimos a prazo de 10 anos, Schäuble paga apenas 1,25% de juros. Em comparação, a Itália paga 5,96% de juros no mesmo período de tempo.

Folker Hellmeyer, o chefe-analista do Bremer Landesbank (Banco Federal em Brema), calculou que, nos últimos 30 meses, a Alemanha poupou mais de 60 mil milhões de euros no refinanciamento. Juntamente com maiores receitas fiscais e menores gastos sociais, o superavit é de 60 a 100 mil milhões de euros.

Proprietários de imóveis

Os juros sobre o crédito à habitação reduziram para metade desde Setembro de 2008, de 5,24% para uma média de 2,62%. Quem tenha pedido emprestado 100 mil euros há quase quatro anos, poderia agora receber, pelo mesmo custo, 155 mil euros (FMH-assessoria Financeira).

Mutuários

Quem agora pede um empréstimo às prestações (por exemplo, 10 mil euros), paga em média 6,56% de juros. Em Setembro de 2008, os juros ainda eram de 8,29%, o que equivale a uma poupança de 361€.

Os descobertos bancários caíram a uma taxa de 1,54% para uma média de 10,92%. Quem tiver um saldo negativo de 2 mil euros, poupa 31€ por ano (FMH-Assessoria Financeira).

Bancos

Os bancos podem pedir empréstimos ao Banco Central Europeu por 0,75% de juros (Setembro de 2008: 4,25%). Poupam 290 mil euros de juros por mês num empréstimo de 100 milhões de euros.

Exportadores

A baixa taxa de câmbio do Euro torna os produtos alemães atrativos no estrangeiro. Assim, os clientes que saldam em dólares pagam hoje menos por máquinas e tecnologia alemãs do que há dois anos.

Enquanto no início de 2010, a taxa de câmbio do Euro era de 1,44, agora é apenas de 1,23 dólares.

Source: Deutschland verdient auch an der Euro-Krise!

Articles

“The Hunger Games: Os Jogos da Fome” bate todos os recordes

O drama de ficção científica “The Hunger Games: Os Jogos da Fome” é um sucesso de bilheteira em todo o mundo. Com o título “Die Tribute von Panem”, o filme também lidera o ranking dos filmes que ultrapassaram a fasquia de um milhão de espectadores na Alemanha – à frente da comédia “Türkisch für Anfänger” [Turco para Principiantes].


Los Angeles/Nova Iorque/Hamburgo – O drama futurístico “Os Jogos da Fome” não dá hipóteses a outros filmes nos rankings americanos (dos filmes mais vistos). De acordo com a revista de cinema Hollywood Reporter, o filme, que retrata um regime ditatorial que obriga as pessoas a lutarem umas contra as outras até à morte nos chamados jogos da fome, obteve, ao fim de duas semanas em cartaz nos cinemas americanos, um lucro total de 251 milhões de dólares.

Assim, a adaptação cinematográfica do bestseller rendeu nos Estados Unidos, nos primeiros dez dias após a sua estreia, mais dinheiro do que qualquer outra produção anterior e detém agora o recorde para um filme que não é aquilo a que se chama sequela, ou seja, a continuação de uma saga.

Mesmo no estrangeiro, o filme de ficção científica continua a ser êxito de bilheteira. Segundo a Hollywood Reporter, o filme já arrecadou cerca de 365 milhões de dólares a nível mundial. Antes do filme “Os Jogos da Fome”, que na Alemanha estreou com o título “Die Tribute von Panem”, chegar aos cinemas, a adaptação era considerada uma sequela da saga “Crepúsculo” [“Twillight”], que é muito popular entre os jovens. Mas logo no fim de semana da sua estreia, o filme “Os Jogos da Fome” ultrapassou claramente a saga dos vampiros: com um lucro de 155 milhões de dólares nos seus primeiros três dias, o filme arrecadou mais do dobro das receitas do que o primeiro filme da saga “Twillight”.

As vítimas do seu sucesso foram particularmente na América do Norte dois recém-chegados do fim de semana: o filme de ação 3D “Wrath of the Titans” [Fúria de Titãs], uma história de aventura sobre o semideus grego Perseus, e uma versão moderna da “Branca de Neve”, com Julia Roberts no papel de bruxa.

O “Wrath of the Titans” teve de se contentar com 34,2 milhões de dólares. Isso foi metade do lucro da sua prequela “Clash of the Titans” [Confronto de Titãs], que estreou há dois anos, escreveu o jornal. Igualmente dececionante foi o resultado de “Branca de Neve” que, com apenas 19 milhões de dólares, ficou muito aquém das expectativas.

A série policial “21 Jump Street” [Rua Jump, 21], com Jonah Hill e Channing Tatum, desceu para o 4º lugar do ranking, com 15 milhões de dólares. O filme infantil “O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida”, que se manteve como um dos melhores do início do ano até ao início de Março, encontra-se agora, com uma receita de 8 milhões de dólares, no último lugar do “Top 5” do fim de semana de cinema dos EUA.

Source: “The Hunger Games” schlägt alle Rekorde

Articles

Especiarias saudáveis

Quem tempera comida, deseja aperfeiçoar o seu sabor. Porém, os temperos aparentemente também facilitam a digestão. Investigadores liderados por Manfred Grätzel, da Universidade de Munique, descobriram de forma surpreendente recetores para o timol e para o eugenol, as substâncias aromatizantes presentes no tomilho e no cravinho, em células sensoriais da (membrana) mucosa do aparelho digestivo. No nariz, local onde estes recetores haviam sido exclusivamente detetados anteriormente, eles estão associados ao sentido do olfato. Mas porque razão se encontram nos órgãos do aparelho digestivo?

Para dar resposta a esta questão, os investigadores de Munique colocaram, numa experiência controlada, as células sensoriais em contacto com os aromatizantes. Em seguida, verificou-se um aumento da concentração de cálcio no plasma celular. Isto, por sua vez, estimulou a produção de serotonina. Esta substância, vulgarmente conhecida como hormona da felicidade, promove o peristaltismo intestinal e a secreção dos sucos gástricos, o que facilita a digestão dos alimentos ingeridos. Assim sendo, as especiarias não servem só ao paladar, mas também à saúde.

Estas descobertas poderão levar a novos métodos de tratamento de problemas digestivos, como a obstipação, a flatulência ou a diarreia.

Source: Gesunde Würze

Articles

Até as abelhas sabem contar até três

O ser humano é capaz de detetar até quatro objetos só de relance. Isso já havia sido comprovado pelo economista William S. Jevons em 1871, com o auxílio de uma caixa de feijões. Por outro lado, quantidades maiores requerem uma contagem exata. Experiências posteriores demonstraram que também macacos, pombos e outros vertebrados são capazes de detetar a quantidade exata de objetos numa mão cheia só de relance.

Mas o que será que acontece no caso dos insetos? Com as abelhas, por exemplo? Essa foi a questão à qual os investigadores liderados por Jürgen Tautz, do Centro de Biologia da Universidade de Wurtzburgo, tentaram responder recentemente. As abelhas não se interessam muito por feijões, mas o mesmo não se pode dizer de uma tigela com água açucarada. Os cientistas colocaram essa tigela por trás de uma de duas placas, cada uma com um buraco, através do qual os insetos poderiam voar. Na placa que escondia a recompensa, encontrava-se o número de objetos inscritos na madeira, de uma forma codificada. As abelhas descobriram logo na primeira tentativa que poderiam sempre encontrar a água açucarada escondida atrás da placa com dois objetos – independentemente destes se tratarem de maçãs vermelhas ou pontos amarelos.

A experiência também resultou corretamente com três ou quatro objetos coloridos. Com um maior número de objetos, as abelhas fracassavam. Estas claramente deixaram de conseguir diferenciar quantidades e para efetuar a contagem dessas quantidades faltavam-lhes simplesmente os dedos.

E o que têm as abelhas a ganhar com a sua capacidade intuitiva de contagem? Os biólogos de Wurtzburgo levantam a hipótese de que estas sejam capazes de, por exemplo, estimar rapidamente qual o número de flores num ramo ou quantas abelhas já estão numa flor. Deste modo, estas sabem de imediato se deverão pousar ou partir.

Source: Auch Bienen können bis drei zählen

Articles

Café Alucinogénico

Uma chávena de café quente pela manhã geralmente ajuda a começar bem o dia. Um estudo britânico, porém, adverte para não se exagerar no consumo de bebidas estimulantes: se se aumentar o consumo de café diário para 7 chávenas, a probabilidade de ouvir vozes de pessoas ou de ver objetos que não existem aumenta para o triplo.

Esta conexão foi efetuada por Simon Jones, da Universidade de Durham, e pela sua equipa, quando estes inquiriram 200 estudantes sobre o seu consumo diário de café, chá, chocolate ou comprimidos de cafeína. Em seguida, os indivíduos foram solicitados a dar detalhes de experiências alucinatórias. Foi aí encontrada uma correlação incontestável: quem ingeria muita cafeína, tinha alucinações com mais frequência.

Jones oferece também uma possível explicação para a razão pela qual a cafeína provoca alucinações. Esta substância aumenta os níveis de stress. Como resultado, o córtex da glândula suprarrenal segrega Cortisol, uma hormona esteroide. Esta, por sua vez, influencia o efeito da adrenalina ao afetar o metabolismo de lípidos. A adrenalina é uma hormona conhecida pelos seus efeitos psicológicos colaterais, desde inquietação, nervosismo ou ansiedade até reações psicóticas.

(…)

Source: Halluzinogener Kaffee