Articles

Doces podem diminuir o stress

Os ratos, tal como as pessoas, adoram açúcar, por isso não é de admirar que, durante uma recente experiência laboratorial com duração de duas semanas, estes roedores fizessem fila duas vezes ao dia para ingerir pequenas quantidades de água açucarada. O que os investigadores não antecipavam foi o efeito que esta teve nos seus níveis de stress. Ao submeterem os roedores a situações de stress no final dessas duas semanas, os animais encontravam-se menos agitados do que o esperado.

De acordo com uma pesquisa apresentada ontem no encontro anual da Society for Neuroscience (Associação de Neurociência), em Washington D.C., diversas amostras de sangue extraídas destes ratos revelaram níveis de hormonas responsáveis pelo stress, conhecidas por glicocorticóides, inferiores aos daqueles que ingeriram soluções de sacarina ou apenas água antes de serem submetidos a pressões físicas ou psicológicas. “Nós realmente descobrimos que refeições açucaradas naturais, não artificiais, são um tratamento mais eficaz para os dois tipos mais comuns de stress – físico e psicológico”, explica Yvonne Ulrich-Lai, uma bolseira de pós-doutoramento em psiquiatria na Universidade de Cincinnati, que conduziu a investigação.

Eventos stressantes ativam o hipotálamo, que está ligado à hipófise e às glândulas suprarrenais, naquilo que foi designado por eixo do stress, para produzirem glicocorticóides. Estas hormonas ajudam o corpo a defender-se durante situações complicadas, mas em quantidades excessivas ou por um período longo de tempo, podem enfraquecer o sistema imunitário e aumentar a gordura abdominal, entre outros efeitos indesejáveis.

Isto pode querer dizer que as pessoas viciadas em açúcar estão simplesmente a aliviar o excesso de stress, por vezes presente na vida atual. “Eu penso que esta pesquisa nos está a dar uma perceção daquilo que algumas pessoas são capazes de estar a fazer sem se aperceberem”, afirma Ulrich-Lai. “Muitas pessoas, quando estão stressadas, afirmam que gostam de comer algo saboroso.” Para muitos de nós, isso significa açúcar nas suas mais variadas formas. No entanto, um aumento do consumo de açúcar acarreta as suas próprias consequências, como por exemplo um aumento do peso. E ainda que os ratos tenham habilmente diminuído o consumo de alimentos por uma quantidade de calorias equivalente, quando oferecida a recompensa açucarada, algumas pessoas podem achar mais difícil manter esse equilíbrio. A investigação em curso irá agora debruçar-se sobre a forma como os doces diminuem a produção de glicocorticóides ou o seu impacto no cérebro, poderão provar também que as frutas e os vegetais são igualmente eficazes. “Penso que o segredo é comer algo de que gostamos”, destaca Ulrich-Lai. O problema poderá ser encontrar algo tão saboroso como o açúcar.

Source: Sweet Snacks May Slacken Stress

Advertisements